Lembro-me que no final do ano passado fiz alguns pedidos para 2020 e, entre eles, o que eu mais queria era trabalhar menos e ter mais tempo para meu filho. O que eu queria mesmo era ficar mais em casa, estar mais presente na vida do Murilo e acompanhar bem mais de perto o desenvolvimento dele. No início desse ano, especificamente, eu estava com medo, tinha sido transferida de escola no meu trabalho e estava indo trabalhar em um local que eu não gostaria e também era o primeiro ano do Murilo em uma escola pública, era o ano do desfralde dele, da transição dos 2 para 3 anos,  era o ano que tudo que eu queria era ficar quietinha perto da minha família.

Eis que veio a Pandemia e trouxe com ela a realização de todos os meus pedidos, sim é estranho dizer isso claro, algo tão triste e devastador no mundo me trouxe a grosso modo o que eu tinha pedido. Estou em casa, não preciso ir presencialmente para a nova escola que trabalho, estou perto do meu filho, aliás bemmmmmm perto, e enfim nem poderia reclamar daquilo que eu mesma queria, não é mesmo?

Agora eu tenho tempo, o tão sonhando TEMPO… Mas e agora? Quantos de vocês que estão lendo esse texto tudo que queria antes da Pandemia era mais TEMPO? Mamães que estão em casa com seus filhos que não estão indo para escola, como está esse TEMPO com seu filho? Por aqui já está um CAOS! Um CAOS no meio daquilo mesmo que eu de alguma maneira pedi, certo?

Esses dias estava pensando sobre isso, sobre o que falamos e pedimos da boca para fora, sobre o que reclamamos dos nossos filhos, as vezes da bagunça, do comportamento, ou de nós mesmos, e também sobre o que pedimos sem pensar:

  • Não aguento mais esse menino falando no meu ouvido! – Se ele não falasse, fosse mudo e a casa fosse um silêncio, seria melhor?
  • Que bagunça pela casa toda!  – Se você fosse mamãe de uma criança especial, que não se locomovesse e a casa fosse super organizada, seria melhor?
  • Seria melhor ter mais tempo em casa estando desempregada? Ou o desejo é ter mais tempo e mais dinheiro, o que seria meio esquisito?

É essa reflexão que gostaria de deixar hoje para todos vocês que acompanham o blog, refletir sobre ações e palavras impensadas que fazemos e que na verdade tínhamos que agradecer e nos organizar dentro da nossa realidade para melhorar cada situação.

Para muitos de nós a Pandemia trouxe TEMPO, ainda sim não temos tempo para nada!? Talvez lá no fundo o problema não fosse o tempo.

Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *