Oi, gente! Tudo bem com vocês?

Aqui está tudo bem!

O celular está presente nas nossas vidas. Nós o utilizamos como despertador, como agenda de compromissos, como um item de comunicação, entre outros. Toda hora estamos utilizando esse gadget.

Diferentes de nós que fomos inseridos na internet na década de 90, nossos filhos já nascem neste mundo tecnológico de hoje. É normal para as crianças ver os pais com o celular na mão, seja para se comunicar, seja para se entreter.

Com isso, as crianças também querem aprender a utilizar a tecnologia a seu favor. Ocorre que, como ainda não têm maturidade suficiente para isso, extrapolam limites e prejudicam as suas saúdes.

Nossa experiência

Quando começamos a introdução alimentar na vida da Micaela, tivemos muita dificuldade, pois ela não prestava atenção na comida. Ela ficava estressada e não queria comer.

Aí, o Elton e eu fizemos a bobeira de entregar o celular nas mãos dela. Aí, começou: só fazia as refeições com o celular nas mãos.

Comecei a ficar preocupada com essa situação, pois, se tirasse o celular, a Micaela não comia.

Buscando ajuda

Com isso, fui procurar ajuda. Realizei uma live muito legal com a Dra. Thelma Del Bel Silvani Nóbrega, que é psicóloga, e as orientações dela foram as seguintes:

1) Leve um amiguinho para comer junto com a criança:

Toda criança tem um boneco ou bichinho de pelúcia favorito que ela leva para cima e para baixo. Aqui em casa, é o boneco do Pocoyo (esse Pocoyo até toma banho com ela).

Coloque o boneco perto da criança. Distraia a criança inventando histórias como se o boneco estivesse comendo junto com ela. Essa dica nos ajudou demais!

2) Realize as refeições na mesa e não coloque o seu celular sobre ela

Se vocês não realizam as suas refeições na mesa, confesso que está na hora de começar. Aqui em casa, nós almoçamos e jantamos na cozinha que não tem televisão.

Deixe o seu celular em outro lugar que a criança não tenha acesso a ele. Ela não se lembrará dele.

3) Não deixe o celular com a criança minutos antes das refeições

Alguns minutos antes da refeição, vá distraindo a criança aos poucos e retirando o celular das mãos dela. Com isso, ela se esquecerá do gadget por uns instantes e você ficará mais tranquilo(a).

4) Se a criança pedir o celular, tente distrai-la com outras coisas

Quando a Micaela pede o celular, ela pede o Pocoyo (ou seja, para assistir ao desenho do Pocoyo). Eu falo para ela que vou buscá-lo e volto com o boneco.

É claro que ela reclama, mas vamos lidando com a situação de uma maneira lúdica e sem traumas.

5) Sim, tem dias que são mais difíceis

Tem dias que são mais difíceis. Tente não dar o celular para ela, mas, se não for possível, tente deixá-lo com algum desenho passando, mas fora das mãos dela.

Depois da live que fizemos, utilizei essas dicas em casa e elas funcionaram bastante! Estamos conseguindo fazer a maioria das refeições sem o celular por perto.

Bom, pessoal, estas foram as minhas dicas. Espero que tenham gostado!

Um grande beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *